Produtos gourmet: uma tendência rentável

produtos-gourmet_linkedin

Você com certeza já deve ter ouvido a expressão “gourmet”, certo? Ela é usada na alta cozinha para se referir à comidas e bebidas de alta qualidade, com propostas mais elaboradas que as demais. 

Normalmente, as opções gourmet apresentam uma diferenciação, com determinadas características, como identidade diferenciada e insumos de padrão mais elevado, gerando um produto final com grande valor agregado. Isso porque a experiência em seu consumo agrega diversos fatores, como a embalagem, aparência, odor, sabor, chegado até a publicidade e a apresentação deste produto no PDV. 

Fazer a “gourmetização” de determinados produtos de sua linha produtiva, por meio de estudos de mercado, pesquisa e desenvolvimento, não é apenas uma aposta, mas uma tendência, relacionada ao boom econômico e social (2004-2008), conforme defende o pesquisador da Unicamp Valter Palmieri Júnior, em sua tese de doutorado. 

Segundo Palmieri, “a gourmetização está totalmente relacionada com […] a ascensão da classe média. A classe A quer se diferenciar já que a classe média se aproximou do padrão de consumo. E mesmo com a crise econômica não há sinais de decaída”, afirma.

50528999_1166143030215291_679973814938894336_n

Um exemplo de empresa que adotou a gourmetização de produtos foi a Nazinha Alimentos com uma nova linha de biscoitos de polvilho. A empresa, fundada em 1982, já era conhecida no mercado pela fabricação de biscoitos de polvilho e sequilhos, decidiu inovar e gourmetizar seus produtos, convidando o chef Claude Troisgros para formular e assinar uma nova linha de biscoitos de polvilho.

 

O resultado final foi um sucesso. Além de manter os biscoitos tradicionais, a Nazinha criou uma identidade visual totalmente nova as embalagens dos polvilhos de Troisgros, que tem opções requintadas como ervas finas, chocolate e hot curry.

Interessante, não acha? E sua empresa? Está atenta às tendências do mercado? Entre em contato com a Invista Foods. Estamos prontos para atender sua demanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: